bonus de cadastro

Tranquilo, Independiente Santa Fé bate Oriente Petrolero por 3 a 1

Foto: EFE/Oriente Petrolero x Independiente Santa Fe

Sem dificuldades, o Independiente Santa Fe derrotou o Oriente Petrolero, em Santa Cruz de la Sierra por 3 a 1. O resultado praticamente garantiu a vaga da equipe colombiana na fase de grupos da Libertadores. Na semana que vem na Colômbia, o atual campeão da Copa Sul-Americana pode perder até por 2 a 0 que avança na competição. Os bolivianos precisam de uma vantagem por 3 gols de diferença para garantir sua vaga.

Leia Mais: Pela contagem mínima, Del Valle ganha do Guaraní na Pré-Libertadores
Puebla e Racing terminam em igualdade duelo de ida na Pré-Libertadores

O duelo

Mesmo fora de casa, o Independiente Santa Fe começou o duelo com a posse de bola. O time comandado por Gerardo Pelusso, que é conhecido pelo estilo de jogo truncado, armou uma equipe com velocidade na frente que levava muito perigo aos adversários.

Melhor em campo, o primeiro gol não demorou a sair. Aos 22 minutos, após um chute de fora da área, o goleirão Marcos Arguello bateu roupa e a bola sobrou para Carlos Ibarguen, que só empurrou e correu para o abraço, 1 a 0.

Em busca do empate, o time boliviano assustou na reta final do primeiro tempo. Em toques rápidos, Almirón recebeu na área e fuzilou, mas Zapata caiu para defender.

Um minuto depois, em novo lance, Zapata bateu roupa e no rebote Almirón acertou a trave, na sequência da jogada, Romero chutou de dentro da pequena área e acertou mais uma vez a trave do Santa Fe.

Como quem não faz toma, o time colombiano ampliou a vantagem. O artilheiro da noite, Carlos Ibarguen foi lançado e tocou na saída do goleiro, 2 a 0, Independiente Santa Fe.

Segundo tempo

A reta final do duelo foi um retrato dos primeiros 45 minutos. O Independiente Santa Fe controlava bem o jogo e levava perigo ao gol adversário.

Aos 9 minutos, os colombianos marcaram mais um. Dessa vez foi o zagueirão Mina, que aproveitou a cobrança de falta na área e ganhou de cabeça do goleiro Marcos Arguello, 3 a 0.

Depois de ampliar ainda mais a sua vantagem, o time colombiano diminuiu o ritmo e os donos da casa cresceram. Aos 33 o tento que amenizou o prejuízo. Em chute cruzado, a bola sobrou para José Alfredo Catillo, que só empurrou de cabeça para o fundo das redes, 3 a 1.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Futebol Latino 2023