bonus de cadastro

Miguel Layún pede atenção dos defensores mexicanos contra a Argentina

Foto: Mexsports

As vésperas de enfrentar a toda poderosa Argentina de Messi, Tevez e companhia, a seleção do México, comandada por Ricardo Ferretti trabalha a plenos pulmões para consertar o sistema defensivo. O empate por 3 a 3 contra Trinidad & Tobago ainda ronda o time e deixou uma péssima impressão dos defensores.

Leia Mais: Seleção do México já está em Dallas para encarar a Argentina
Técnico do LA Galaxy lamenta ausência de Giovani dos Santos no México

Sabendo da dificuldade que terá pela frente, o zagueiro Miguel Layún, deixou bem claro na entrevista coletiva que, a equipe precisa estar muito concentrada para o duelo desta terça-feira (08), em Dallas.

“É um jogo muito importante apesar de ser um amistoso. A nossa atenção tem que estar redobrada e precisamos fazer um jogo muito equilibrado. Além da defesa, nós precisamos manter o ataque muito forte. Na hora do sufoco, ter um time bom na frente faz toda a diferença”, afirmou o jogador.

Sobre as críticas que o elenco mexicano recebeu após o empate com Trinidad & Tobago, Miguel Layún diz que entende a insatisfação e acredita que este jogo contra a vice-campeã do Mundo servirá para mudar a visão dos críticos.

“Estamos cientes que é um jogo complicado. Porém, nós precisamos mostrar a nossa força e amenizar um pouco as reclamações sobre o jogo da semana passada”.

Para o duelo contra a Argentina, a grande aposta de Ricardo Ferretti é a presença de Chicharito Hernández. O jogador recém-contratado do Bayer Leverkusen-ALE é a principal aposta de gols da Tricolor.

Em rápido bate-papo com a imprensa mexicana no saguão do hotel, em que a equipe está hospedada, Chicharito disse que o ambiente está muito bom e os jogadores estão confiantes para o jogo.

México e Argentina se enfrentam na terça-feira (8), no Cowboy Stadium, em Dallas, nos Estados Unidos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Futebol Latino 2023