bonus de cadastro

Jorge Sampaoli entra em acordo e deixa a seleção do Chile

Foto: ANFP/Divulgação/Jorge Sampaoli

Depois de muita especulação nas últimas semanas, Jorge Sampaoli e ANFP chegaram a um acordo e o treinador não irá mais comandar a seleção do Chile. A entidade que comanda o futebol chileno abriu mão de uma boa quantia da multa rescisória, na casa dos US$ 6,3 milhões (R$ 25,2 milhões na cotação atual) por conta do vínculo contratual até 2018.

Leia Mais: De saída da seleção chilena, Chelsea pode ser o destino de Sampaoli
Sampaoli declara que quer deixar o Chile

De acordo com o comunicado oficial, o acordo entre as partes inclui cancelar a Sampaoli as indenizações legais, como férias, remuneração pelos dias de janeiro e prêmios referentes aos jogos das Eliminatórias. Por outro lado, Sampaoli se comprometeu a pagar um montante à ANFP pela quebra do contrato e prêmios.

Motivos da saída

Repleto de moral no país por conta do ótimo trabalho na Universidad de Chile e na seleção nacional, Sampaoli ficou triste com a divulgação do seu salário. Ele conversou com a imprensa na semana passada e lamentou o acontecimento.

Outro ponto que deixou Sampaoli chateado foi o escândalo de corrupção que o ex-presidente da ANFP e amigo pessoal, Sergio Jadue, esteve envolvido no final de 2015. O comandante ficou decepcionado e acabou sendo a chave de partida para uma mudança de ares.

Futuro

Sonho de consumo de alguns clubes da Europa, Jorge Sampaoli é especulado no Chelsea para ocupar a vaga deixada por José Mourinho. Enquanto isso não se confirma, o comandante vai curtir suas férias ao lado da família.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Futebol Latino 2023