bonus de cadastro

Equador e Venezuela ficam igualados no Pré-Olímpico

equador-venezuela-futebol-latino-pre-olimpico-23-01
Foto: Federico Parra/AFP via Getty Images

Confie no mundo das apostas. Confie na KTO!

Equador e Venezuela jogaram nesta terça-feira (23), no Estádio Brígido Iriarte, em Caracas, pela segunda rodada no Grupo A do Pré-Olímpico. E, em um confronto bastante agitado, as equipes se equivaleram com o placar de 1 a 1.

Leia mais: Endrick marca e Brasil estreia no Pré-Olímpico ganhando da Bolívia
Matheuzinho, do Flamengo, não será mais reforço do Corinthians

Em um compromisso de caráter agitado, quem se aproveitou melhor da oportunidade criada foram os anfitriões por meio do centroavante Kevin Kelsy. Aos 20 minutos, Bryant Ortega deu um excelente lançamento da intermediária onde o camisa 9, aproveitando o arqueiro Alexis Villa adiantado, tocou com a cabeça, por cobertura, estufando as redes adversárias.

Tendo aberto o marcador, a Vinotinto se empolgou e teve, pelo menos, outras três oportunidades de ampliar sua dianteira. Entretanto, terminou a etapa inicial no Brígido Iriarte com a vantagem mínima.

Tudo mudou

No retorno do intervalo, o compromisso sofreu uma drástica mudança em seu contexto onde a Tri não hesitou em avançar consideravelmente suas linhas, deixando os donos da casa em situação de maior proteção do seu gol.

Porém, os comandados pelo técnico Miguel Bravo acabaram sendo recompensados pelo esforço através da bola parada. Em cobrança de falta, Yaimar Medina (novamente vindo do banco de reservas) bateu por fora da barreira. Deixando o arqueiro Frankarlos Benítez, por sua vez, estático ao ver a pelota adentrar sua meta. Tudo igual aos 25 minutos do tempo complementar.

Com o marcador parelho, o ambiente do confronto não se modificou, já que a atitude equatoriana permaneceu mais ofensiva do que aparesentava a Venezuela. Por outro lado, os donos da casa tentavam se valer dessa ideia mais ‘atirada’ de seu oponente para explorar as bolas longas. Entretanto, com pouco espaço, as chances de exercer o contra-golpe se mostravam cada vez mais raras.

Na reta final, os dois times tiveram momentos de pura trocação em domínio territorial e oportunidades de criar chances de perigo. Todavia, o apito final do árbitro uruguaio Gustavo Tejera decretou a igualdade em solo venezuelano.

Dicas de Apostas Esportivas & Palpites do Brasil e do mundo é no Aposta 10!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Futebol Latino 2023