bonus de cadastro

Para salvar o ano, Colo-Colo depende de si mesmo no título do Apertura

Colo-Colo-para-salvar-2015-Apertura-Futebol-Latino-03-12
Foto: Diego Alvujar

A possibilidade de estabelecer uma semana dos sonhos para o torcedor do Colo-Colo se desenhava com muita clareza e, para isso, bastava vencer dois compromissos em sequência onde, em ambos os casos, ele contava com o favoritismo ao seu favor.

Leia mais: FL analisa a última rodada do Apertura no Uruguai

Mas, na noite de ontem, a primeira parte do sonho acabou terminando em pesadelo. Após estar perdendo por 1 a 0 na final da Copa Chile para a rival Universidad de Chile, o Cacique arrancou um empate heroico com Figueroa já nos acréscimos do confronto, mas acabou com o vice-campeonato na disputa de penalidades máximas em La Serena.

Agora os comandados de José Luis Sierra terão mais uma chance de dar alegria ao torcedor colo colino já no próximo final de semana pelo Apertura local, onde a equipe de Santiago tem apenas a necessidade de triunfar sobre o Santiago Wanderers (nono colocado) em Valparaíso no domingo (6) às 18h para se sagrar campeão.

Qualquer resultado que não sejam os três pontos do Colo-Colo fazem o time alvinegro depender do resultado da outra partida que acontecerá no mesmo dia e horário entre Audax Italiano e Universidad Católica. Isso porque os Cruzados tem apenas um ponto a menos que o Cacique, sendo a única equipe que pode atrapalhar de vez os planos do Popular.

Caso Sierra opte por utilizar a mesma equipe que disputou a finalíssima da Copa Chile, o Colo-Colo enfrentará a derradeira jornada do Apertura 2015/2016 com Justo Villar; Gonzalo Fierro, Leonardo Cáceres, Julio Barroso e Cristian Gutierrez; Esteban Pavez, Emiliano Vecchio e Martin Rodríguez; Esteban Paredes, Andrés Vilches e Jean Beausejour.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Futebol Latino 2023