bonus de cadastro

The Strongest surpreende e derruba o São Paulo no Pacaembu

Foto: São Paulo x The Strongest

Na primeira surpresa da fase de grupos, o The Strongest veio até o Brasil e derrotou o São Paulo por 1 a 0. O gol boliviano foi marcado por Alonso, aos 17 minutos da segunda etapa. A vitória fez o time da Bolívia encerrar um jejum de mais 30 anos sem ganhar fora de casa na Libertadores.

Na próxima rodada, o Tricolor encara o River Plate, no Monumental de Núñez. Já o The Strongest recebe o Trujillanos, em La Paz.


O duelo

O jogo começou elétrico e o primeiro susto foi do The Strongest. Em rápido contra-ataque, Ramallo driblou Rodrigo Caio com facilidade e bateu forte rasteiro, a bola pegou velocidade e acertou a trave de Denis.

A partir deste lance só deu São Paulo. Com mais posse de bola, o time brasileiro ganhou o meio de campo e o camisa 10 Paulo Henrique Ganso começou a se destacar.

A primeira chance veio com Lucão. Aos 19 minutos, em cobrança de escanteio, o zagueiro apareceu livre na entrada da pequena área e cabeceou a queima roupa, o goleiro Vaca fez milagre e no rebote Michel Bastos carimbou a zaga.

Aos 27 mais uma chegada do Tricolor, em rápida troca de passes, o meia Paul Henrique Ganso se livrou da marcação e bateu forte, mas Vaca pulou para mandar a bola para escanteio.

Na última chegada do Tricolor no primeiro tempo, o argentino Centurión avançou pela direita e finalizou de fora da área, porém, mais uma vez, Vaca caiu no canto para defender.

Gol Boliviano e desespero brasileiro

A segunda etapa começou morna. O São Paulo continuava em cima, mas de uma maneira tímida. Por outro lado, o The Strongest se soltava um pouco mais e ameaça surpreender no Pacaembu.

Aos 17, na primeira jogada trabalhada, o time boliviano abriu o placar. Chumacero foi lançado pela direita e cruzou na medida para Alonso, 1 a 0 e festa boliviana em território brasileiro.

Em desvantagem no placar, o técnico Edgardo Bauza mexeu na equipe e apostou nas entradas de Rogério e Kieza, mas apesar das alterações, o São Paulo não conseguia mais criar nenhuma chance de gol.

Nos minutos finais a chance mais clara do São Paulo no jogo. O lateral-direito Bruno avançou pela direita e achou Kieza livre na grande área, o camisa 9 dominou, olhou para o goleiro e chutou para fora.

Após o apito do árbitro, muita festa do time e torcida boliviana que festejaram a primeira vitória na Libertadores.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Futebol Latino 2023