bonus de cadastro

Retrô FL: Os clubes latinos que levantaram canecos em 2015

Retrô-FL-títulos-entre-clubes-Futebol-Latino-31-12
Foto: Nicholas Kamm/AFP/Getty Images

*Por Mônica Alvernaz – Colaboradora do Futebol Latino

O último dia do mês de dezembro é marcado por retrospectivas de tudo que se passou ao longo da temporada. Aproveitando esse clima, o FL relembra agora os principais títulos conquistados pelos clubes latinos no ano.

Leia mais: Retrô FL: Como foi o ano de 2015 para as seleções latinas

Campeonato Brasileiro – Campeão: Corinthians

Após liderar por grande parte da competição, o Corinthians garantiu o título nacional de 2015 antes mesmo da última rodada do campeonato. Inquestionável e com sobra para o segundo colocado, o Timão garantiu o hexa do Brasileirão.

Copa do Brasil – Campeão: Palmeiras

Em final inédita disputada por dois grandes clubes do estado de São Paulo, o Palestra levou a melhor após perder o primeiro confronto por 1 a 0 na Vila. O clube da capital ganhou por 2 a 1 em casa e levou a disputa para os pênaltis, onde superou o adversário por 4 a 3 e garantiu o tri da Copa do Brasil

Libertadores da América – Campeão: River Plate

Após 19 anos sem levar o caneco da principal competição sul-americana pra casa, o River Plate garantiu o título após empatar em 0 a 0 no México e vencer o Tigres por 3 a 0 no Monumental de Nuñez, em Buenos Aires. Com a conquista, o clube argentino entrou para a seleta galeria de tricampeões da competição.

Copa Sul-Americana – Campeão: Independiente Santa Fe

Mesmo jogando mal a partir das semifinais do torneio, isso não foi suficiente para que a equipe colombiana deixasse escapar a conquista continental tão perseguida desde 1998. Na decisão, os empates sem gols contra o Huracán tanto fora de casa quanto como mandante levaram a decisão para as penalidades, saindo vencedor o time de Bogotá por 3 a 1.

Recopa Sul-Americana – Campeão: River Plate

Aproveitando um enfraquecido San Lorenzo, campeão da Libertadores no ano anterior, o time de Marcelo Gallardo foi muito superior ao adversário e, de tanto insistir, arrancou a vitória por 1 a 0 atuando em casa. Na volta, novo triunfo por 1 a 0 no Nuevo Gasômetro e festa millonaria.

Liga dos Campeões da CONCACAF – Campeão: América

Após campanha segura na primeira fase e conseguir uma virada épica nas semifinais contra o Herediano (vencendo por 6 a 0 no México após ter perdido por 3 a 0 o duelo de ida na Costa Rica) as Águilas superaram na finalíssima o Montreal Impact no Canadá por 4 a 2 após terem só empatado em 1 a 1 no Azteca.

Argentina – Campeonato Argentino – Campeão: Boca Juniors / Copa da Argentina: Boca Juniors

Na Argentina, o Boca Juniors garantiu o troféu das duas principais competições nacionais. Além do Apertura, o Boca levou pra casa a taça da Copa da Argentina depois de jogo conturbado por erros de arbitragem contra o Rosário Central vencido pelos xeneizes por 2 a 0.

Chile – Clausura 2014/2015 – Campeão: Cobresal / Apertura 2015/2016 – Campeão: Colo-Colo

O Colo-Colo chegou ao 31º título nacional depois de tropeço do adversário na briga direta pelo caneco e conquistou o Apertura desse ano. Já o Clausura de 2014/2015 ficou com o Cobresal, que faturou o caneco após disputada partida com o Barnechea que terminou em 3 a 2 para os cobresalinos.

Colômbia – Apertura – Campeão: Deportivo Cali / Clausura – Campeão: Atlético Nacional

Após 10 anos, o Deportivo Cali garantiu o troféu do Apertura. Já no Clausura, o Atlético Nacional manteve sua boa fase em âmbito nacional e garantiu o 15º troféu da competição.

Equador – Campeonato Equatoriano – Campeão: Emelec

Após empatar sem gols o jogo de volta e ter vencido o Segunda Etapa, o Emelec sagrou-se campeão equatoriano por ter ganho o jogo de ida por 3 a 1 em cima da LDU, equipe campeã do Primeira Etapa.

México – Copa MX Clausura 2014/2015 – Campeão: Puebla / Supercopa do México 2015 – Campeão: Puebla / Liga MX Clausura 2014/2015 – Campeão: Santos Laguna / Copa MX Apertura 2015/2016 – Campeão: Chivas / Liga MX Apertura 2015/2016 – Campeão: Tigres 

Após derrotar o Chivas por 4 a 2 em casa o Puebla, campeão também da Copa MX Clausura em 2014/2015, se sagrou campeão da Supercopa do México. Enquanto isso, no Clausura da Liga MX da mesma temporada, o vencedor foi o Santos Laguna, vencendo a grande decisão com um placar global de 5 a 3 (vitória na ida por 5 a 0 e derrota por 3 a 0 como visitante)

Na temporada seguinte, o Apertura mexicano ficou com o Tigres, que derrotou o Pumas nos pênaltis após vencer por 3 a 1 em casa e perder por 3 a 1 como visitante no tempo normal. Na copa, o Chivas levou a melhor sobre o León, obtendo uma surpreendente vitória por 1 a 0 mesmo fora de casa em decisão no formato de jogo único.

Paraguai – Apertura- Campeão: Cerro Porteño / Clausura – Campeão: Olímpia

Com vitória de 3 a 0 sobre o Sportivo San Lorenzo, o Cerro Porteño levou o Apertura pra casa. Já o Clausura ficou com o Olímpia, após o clube derrotar seu maior rival, o próprio Cerro Porteño, em uma partida de desempate após ambos ficarem na disputa das 22 rodadas do segundo turno com 44 pontos ganhos.

Peru – Campeonato Peruano – Campeão: Melgar

Depois de 34 anos, o Melgar voltou a levantar a taça de campeão peruano no ano de seu centenário. O título veio após vitória apertada com gol no último minuto de Bernardo Cuesta que garantiu a vitória por 3 a 2 sobre o Sporting Cristal, campeão do Apertura.

Uruguai – Playoff 2014/2015 – Campeão: Nacional / Apertura 2015/2016 – Campeão: Peñarol

Glórias divididas também no futebol uruguaio, onde o Nacional, com uma vitória por 3 a 2 em jogo de verdadeira “batalha campal” no Estádio Centenário, superou o arquirrival Peñarol no fim da temporada anterior. Já em 2015/2016, foi a vez do aurinegro de Montevidéu soltar o grito de campeão na última rodada após vencer por 1 a 0 o Juventud.

Venezuela – Campeonato Venezuelano – Campeão: Deportivo Táchira / Torneio de Adequação – Campeão: Zamora

Com o empate no último minuto, o Deportivo Táchira garantiu o título venezuelano, tirando a taça das mãos do adversário Caracas, que levaria o caneco em caso de vitória.

Na segunda parte da temporada, para adequar o calendário ao início do ano, foi realizado um torneio de adequação, vencido pelo time do Zamora na final contra o Deportivo La Guaira em dois jogos: Vitória por 2 a 0 como mandante e derrota por 1 a 0 como visitante.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Futebol Latino 2023