bonus de cadastro

Quais brasileiros ainda tem chances de faturar a Liga dos Campeões?

quais-brasileiros-ainda-tem-chances-de-faturar-a-liga-dos-campeoes-Futebol-Latino-24-03
Foto: Pierre-Philippe Marcou/AFP

Chegaram ao fim as oitavas de finais da Champions League 2021/2022 e, para a alegria de alguns brasileiros, jogadores como Gabriel Jesus, Firmino e Vinicius Jr. desbancaram grandes equipes nas oitavas de final da Liga dos Campeões e seguem na disputa pela conquista da orelhuda nesta temporada.

Leia mais: Simeone é o técnico mais bem pago do futebol europeu
Atacante brasileiro fala sobre disputa por vaga na Champions da África

A grande decepção dessa eliminatória acabou sendo o PSG de Neymar, Marquinhos e Messi. A eliminação precoce de um dos grandes favoritos surpreendeu até aquelas que o site Sportytrader Brasil considera como as melhores casas de apostas, já que era o grande favorito, juntamente com o Manchester City, para a grande maioria. Com a saída do time parisiense, o City (de Fernandinho), o Liverpool, de Alisson, e também o Bayern de Munique ocupam respectivamente o Top 3 para levantar a taça da maior competição entre clubes do Velho Continente nesta temporada. 

Quanto aos jogos em si, tivemos partidas sensacionais pelas oitavas de final da Champions League. Com destaque, naturalmente, para a virada do Real Madrid de Casemiro, Rodrygo e Eder Militão frente ao PSG que deu a sensação de ser superior. Os merengues marcaram três gols em menos de 20 minutos que deixaram atônita a equipe francesa que, até então, tinha vantagem no agregado de 2 a 0. 

Outro destaque vai também para o Benfica, de Everton Cebolinha, que aguentou a pressão do Ajax na partida de volta e conseguiu a classificação a 10 minutos do fim do jogo graças ao gol do uruguaio Darwin Nunez, acabando com as esperanças holandesas após um 2 a 2 também muito interessante na ida.  

O Atlético de Madrid (de Renan Lodi e Matheus Cunha) também merece menção, já que desbancou Alex Telles e o Manchester United do insaciável Cristiano Ronaldo. A Juventus (de Alex Sandro e Danilo) também surpreendeu negativamente e tomou 3 a 0 do Villarreal (do argentino Lo Celso), time que se manteve muito disciplinado e que já havia mostrado um grande nível ao vencer a Liga Europa na temporada passada.

Nas partidas menos equilibradas, todos os favoritos acabaram honrando o estatuto. O Bayern, que inesperadamente cedeu o empate na ida, atropelou o Salzburg por 7 a 1. O Manchester City já havia decidido a eliminatória na ida frente ao Sporting (de Matheus Reis), vencendo por 5 a 0 em Portugal, e não precisou ir além do empate em 0 a 0 na volta. Finalmente, o atual campeão da Europa, o Chelsea (de Thiago Silva), confirmou seu favoritismo contra o Lille (ganhou por 2 a 0 na ida e por 2 a 1 na volta) enquanto o Liverpool perdeu para a Inter de Milão (de Lautaro Martinez) por 1 a 0, mas a vitória na ida de 2 a 0 foi suficiente. 

Todas as equipes que avançaram mostraram muito comprometimento tático e jogo coletivo, um sinal de que as quartas de finais devem ser muito disputadas. Como já foi adiantado, as casas de apostas apontam, agora, o Manchester City como o claro favorito ao título neste ano. Esta pode ser a tão esperada temporada em que Gabriel Jesus, Ederson e Fernandinho poderão, enfim, se sagrar campeões da maior competição europeia pela primeira vez.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Futebol Latino 2023