bonus de cadastro

Gol de Paulinho nos acréscimos elimina o América do Mundial

Guangzhou-Evergrande-vai-as-semifinais-Mundial-Futebol-Latino-13-12
Foto: Shaun Botterill/FIFA/FIFA via Getty Images

Enquanto tudo indicava um confronto de absoluto equilíbrio e que precisaria de mais do que 90 minutos para ser resolvido, uma cabeçada certeira de Paulinho colocou o Guangzhou Evergrande (China) na próxima fase do Mundial de Clubes e eliminou a forte equipe do América em partida realizada no Yanmar Stadium, em Osaka.

Leia mais: River Ecuador, da degola para a chance de fazer história

Até mesmo pelo estilo de jogo das duas equipes, as propostas de atacar o adversário e “resolver” a partida na base dos toques rápidos e da velocidade foram impostas de ambos os lados, proporcionando 45 minutos de correria e boas chances criadas para ambos.

Pelo América, o goleiro Muñoz precisou trabalhar em finalizações dos brasileiros Robinho e Ricardo Goulart. Já por parte do Guangzhou, o arqueiro Li Shuai defendeu muito bem a falta cobrada com precisão por Sambueza e um chute forte de Samudio que, mesmo sem ângulo, dificultou a situação para o time chinês.

Já no início da etapa complementar, uma superioridade da equipe mexicana era traduzida na insistência da infiltração pelo lado direito do ataque com os avanços de Paul Aguilar (que criou duas ótimas chances não aproveitadas por Oribe Peralta e Dario Benedetto) e também com a movimentação do próprio Benedetto, que sempre aparecia para receber a bola no setor em questão.

E foi justamente com o argentino que surgiu a jogada do primeiro tento do duelo. Aos 10 minutos, ele se aproveitou da liberdade concedida pela defesa chinesa e cruzou para, na pequena área, Peralta complementar quase que de peixinho no extremo canto direito de Li Shuai.

Após o gol, os mexicanos acharam por melhor assumir uma postura mais cautelosa e apenas sair nos contra-ataques, porém o excesso de recuo acabou custando caro para o América.

Depois de pelo menos três jogadas de perigo por parte do Evergrande, com 36 minutos Ricardo Goulart partiu em velocidade pelo lado esquerdo da defesa adversária e fez o cruzamento para Hanchao ajeitar e, vindo de trás, Zheng Long chutar por baixo dos braços de Muñoz.

A partida, apesar de voltar a ter mais movimentação, caminhava naturalmente para o drama da prorrogação, mas o gol salvador surgiu da cabeça de um brasileiro. Aos 48, após a cobrança de escanteio, o volante Paulinho cabeceou firme e também aproveitou a atabalhoada saída do gol de Muñoz para desempatar o jogo e colocar o Guangzhou Evergrande nas semi-finais do Mundial.

O confronto entre os comandados de Luiz Felipe Scolari e o poderoso Barcelona (Espanha) acontecerá na próxima quinta-feira (17) às 8h30.

Já para a equipe de Ignacio Ambríz, resta esperar o derrotado de Mazembe (Congo) e Sanfrecce Hiroshima (Japão) para a disputa do 5° e 6° lugar, que acontece na quarta-feira (16) às 8h30.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Futebol Latino 2023