bonus de cadastro

Gianni Infantino é o candidato da Conmebol para a eleição da FIFA

Gianni-Infantino-apoio-Conembol-eleição-FIFA-Futebol-Latino-30-01
Foto: Harold Cunningham/Getty Images

Mesmo mantendo um contato sempre mais próximo ao jordaniano Ali bin Al Hussein, com trocas constantes de informações e encontros, parece que a opinião da Confederação Sul-americana de Futebol (Conmebol) sobre quem apoiar nas eleições da FIFA sofreu uma modificação.

Leia mais: Juan Antonio Pizzi é o novo técnico da Seleção do Chile

O evento que acontecerá no próximo dia 26 de fevereiro em Zurique, na Suíça, para eleger o novo nome forte da entidade que comanda o esporte mais populoso do planeta tem como candidatos já firmados além de Hussein o sul-africano Tokyo Sexwale, o presidente da Confederação Asiática de Futebol, Salman bin Ibrahim al Khalifa, o ex-secretário adjunto da FIFA, Jerôme Champagne, e o secretário da UEFA, Gianni Infantino, justamente aquele que tem o suporte da Conmebol.

O apoio se dará de maneira tão explícita e forte que até mesmo a rede social oficial da entidade da América do Sul divulgou em seu perfil que estava apoiando a candidatura do ítalo-suíço. Isso reforça ainda mais o favoritismo de Infantino para ter êxito nas eleições, adicionando os 10 votos dos sul-americanos aos muitos europeus que já iriam naturalmente votar em Gianni.

A situação que chama ainda mais a atenção é que Ali bin Al Hussein esteve na última semana com os dirigentes da Conmebol e, provavelmente, ali já ficou ciente de que não contava mais com o apoio de votos tão importantes para a decisão do pleito no próximo dia 26.

Essa será a primeira vez em 17 anos que o suíço Joseph Blatter, acusado de participar de esquemas de corrupção e suborno, não participará como candidato a presidente da FIFA.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Futebol Latino 2023