bonus de cadastro

Equador joga bem e continua 100% nas Eliminatórias

Foto: API

O Equador continua líder das Eliminatórias da América do Sul. Em Quito, a surpresa da competição apresentou um futebol de qualidade e venceu o forte Uruguai por 2 a 1. Os gols equatorianos foram marcados por Caicedo e Martínez, enquanto Cavani fez para a Celeste Olímpica.

Leia Mais: Em jogo de seis gols, Bolívia consegue primeira vitória nas Eliminatórias

Na próxima rodada, o Equador encara a Venezuela fora de casa. Já o Uruguai faz o clássico contra o Chile, em Montevidéu.

O Confronto

O Equador começou o jogo a todo vapor. Apoiado pela torcida que lotou o estádio Nacional de Quito, a sensação das Eliminatórias Sul-Americanas assustou com Miler Bolaños, que invadiu a área logo no primeiro minuto e cruzou para trás com muito perigo. Maxi Pereira apareceu em cima da hora para chutar a bola e afastar o perigo.

Quando o Uruguai parecia equilibrar o confronto e trabalhar um pouco mais a bola, o Equador abriu o placar. Noboa achou Paredes que cruzou para Caicedo, o artilheiro só teve o trabalho de empurrar para as redes e levar a torcida a loucura, 1 a 0.

O gol empurrou os equatorianos para o ataque. Aos 27, em cruzamento da direita, Martinez aparece livre na cara do goleiro, mas cabeceou para fora.

A primeira jogada de perigo do Uruguai aconteceu somente aos 38 minutos. Carlos Sanchez recebeu na entrada da área e chutou colocado, porém Domínguez se esticou todo para fazer a defesa e salvar os donos da casa.

O segundo tempo iniciou de forma diferente, com o Uruguai um pouco mais avançado em campo, a impressão que dava era que a Celeste iria assustar os equatorianos, que foram absolutos na primeira etapa.

E logo aos 3 o gol de empate saiu. Após cobrança de falta, Cavani aproveitou a bobeira da marcação e cabeceou sozinho, 1 a 1.

A virada quase veio na sequencia com o mesmo Cavani, mas o atacante chutou a virada uruguaia no travessão.

O susto parece ter acordado o Equador que rapidamente retomou as ações do jogo e assustou o goleiro Muslera. Em cruzamento da esquerda, Noboa cabeceou no canto e o goleiro uruguaio espalmou.

Aos 12 minutos não teve jeito. Após jogada rápida, Montero chuta cruzado e Muslera defende, no rebote Martínez empurrou para o gol, 2 a 1.

No decorrer da segunda etapa, o Equador continuou muito melhor que o Uruguai e teve o controle total do confronto garantindo mais três pontos e a liderança das Eliminatórias da América do Sul.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Futebol Latino 2023