bonus de cadastro

“Caldeirão” funciona e Tigres goleia na primeira final da Liga MX

Tigres-vence-Pumas-3-a-0-Futebol-Latino-11-12
Foto: Imago 7

Exercendo mais uma vez a intensa pressão que muitas equipes já conhecem do Estádio Universitário, o Tigres encaminhou de maneira vital o título do Apertura da Liga MX. Recebendo o Pumas, os comandados de Ricardo Ferretti venceram por um incontestável 3 a 0, repetindo o resultado obtido diante da mesma equipe ainda na fase classificatória.

Leia mais: Marcelinho Paraíba vai jogar o Paulistão 2016

Na primeira etapa o estilo agressivo do Tigres acabou se encontrando com uma postura comedida até demais do Pumas, que não conseguia ter a posse de bola enquanto os donos da casa, trabalhando principalmente a velocidade dos pontas Javier Aquino e Jurgen Damm, dificultavam por completo a vida do sistema defensivo do adversário.

E foi pelo lado esquerdo que aos 15 minutos, após levantamento na grande área, Rafael Sóbis recebeu uma carga nas costas e viu o pênalti ser assinalado por José Peñaloza. Na cobrança, o francês Gignac encheu o pé, evitando reviver a polêmica perda de pênalti contra o Toluca nas semifinais, e abriu o marcador para fazer tremer o Estádio Universitário.

Com a manutenção do ritmo intenso que vinha sendo imprimido pelos anfitriões, não tardou para que o segundo gol da partida para o Tigres saísse. Com 28 minutos, Jurgen Damm tabelou com Jesús Dueñas pelo lado direito da ofensiva e fez um cruzamento preciso para que Aquino dominasse e, esbanjando categoria, batesse de chapa, tirando do alcance do arqueiro Palacios.

Na etapa complementar, quando parecia que o Pumas voltaria com uma disposição mais estruturada e capaz de interromper o poderio do Tigres, aos 14 minutos veio o golpe de misericórdia dos donos da casa.

Após um corte equivocado de Gerard Alcoba na defensiva visitante, Gignac chutou forte para uma defesaça de Palacios mas, no rebote, Rafael Sobis completou para as redes. Os amarelos bem que tentaram ampliar em duas oportunidades porém, com as intervenções do “Picolino”, o placar não mais se movimentou em Monterrey.

Com esse resultado, a equipe que atuará como visitante na próxima madrugada de domingo (13) para segunda-feira, já que o confronto no Olimpico Universitário da Cidade do México será às 0h30, poderá perder por até 2 a 0 que fica com o título.

Para o Pumas, igualar o 3 a 0 ou vencer por três gols de diferença já é suficiente por ter feito melhor campanha na fase classificatória.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Futebol Latino 2023