bonus de cadastro

Atlético-MG goleia e Inter vacila nas partidas brasileiras da Florida Cup

Florida-Cup-Galo-goleia-Inter-vacila-Futebol-Latino-14-01
Foto: Reprodução/Facebook Clube Atlético Mineiro

Ao contrário do que houve com os latinos no primeiro dia de disputa da Florida Cup, a participação brasileira até então está contando com resultados que, pelo menos na força ofensiva, não se pode reclamar.

Leia mais: Coluna FL: BASTIDORES DA BOLA, com Rodrigo Sturaro

Com uma grande vitória do Atlético-MG sobre os alemães do Schalke 04 e um empate com muitos gols entre Internacional e Bayer Leverkusen, os ataques desses dois times que se preparam para mais uma temporada mostraram que, pelo menos em solo norte-americano, parecem estar bem afiados.

Eficiência e goleada

Quem observa os melhores momentos sem a inclusão dos gols jamais imaginaria que o confronto entre o Galo e a equipe da Alemanha jamais imaginaria que o resultado final seria um 3 a 0 já que, no quesito chances, as duas equipes tiveram praticamente o mesmo número de oportunidades.

Entretanto, quando foi a frente, o time de Belo Horizonte demonstrou mais frieza e precisão, começando a construir seu placar aos oito minutos de partida onde, após cobrança de escanteio, Leonardo Silva subiu mais alto do que todo mundo e venceu pela primeira vez o goleiro Fahrmann.

A partir daí, o restante do jeito foi muito bem jogado, chances lado a lado, com direito a uma bola na trave e um pênalti defendido pelo goleiro Victor, algo que viraria o placar para os europeus.

Mas a noite era atleticana e, aos 36 minutos, Patric aproveitou o corte da zaga do Schalke enquanto o garoto Yuri dominava a bola e tocou por sobre Fahrmann, ampliando a vantagem brasileira.

Fechando o marcador em grande estilo, o lateral-esquerdo Lucas Cândido acertou um verdadeiro balaço no ângulo da meta adversária, marcando provavelmente o gol mais bonito da Florida Cup até então.

Muitos gols e castigo

Foi uma exibição muito boa e de muita eficiência tanto de Internacional como de Bayer Leverkusen, mas o Colorado esteve sempre mais perto da vitória do que seu oponente nos 90 minutos e, por uma infelicidade, deixou a vitória escapar “por entre os dedos”.

Antes dos dez minutos iniciais, Eduardo Sasha e D’Alessandro já colocaram o clube gaúcho na frente, algo que indicava uma missão bem mais fácil do que o esperado. Só que o Inter não contava com a reação comandada por Chicharito Hernández que, aos 41 e aos 45 minutos, deixaria a partida em total igualdade no fim da primeira parte.

Apesar de uma menor quantidade de gols no tempo derradeiro, o jogo permaneceu bem disputado. Logo depois de Chicharito explodir uma bola no travessão do gol brasileiro, o jovem Andrigo, cria da base colorada, aproveitou a bela jogada individual de Alisson Farias e colocou novamente o time em vantagem.

Mas, aos 35 minutos, após chute cruzado do ataque alemão, o zagueiro Alan Costa mergulho com os pés para fazer o corte e acabou jogando contra o próprio patrimônio, encerrando o placar no ESPN World Wide of Sports em 3 a 3.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Futebol Latino 2023