SHARE
opiniao-ex-treinador-do-chile-astros-locais-bem-critica-Futebol-Latino-04-09
Foto: David Lillo/AFP

A queda do Chile diante do Paraguai por 3 a 0 em plena Santiago pelas Eliminatórias parece ter motivado uma reação extremamente irritada do treinador José Sulantay, hoje comandante do Cobreloa.

Leia mais: Time da sétima divisão inglesa anuncia Philippe Coutinho
Hernane Brocador descarta ter derrubado técnico Jorginho

O profissional que já trabalhou na base da Roja há dez anos atrás, tendo iniciado sua trajetória nessa função em 2003 e encerrado em 2007, falou de dois nomes que estiveram sob seus olhares mesmo que nos anos finais de seu trabalho: Alexis Sánchez e Arturo Vidal. E as palavras que teve a dizer sobre ambos em entrevista que concedeu ao periódico andino La Cuarta não foram nada agradáveis para ambos.

Sobre o meio-campista do Bayern de Munique, ele frisou que o atleta precisa ter mais cuidado como administra a sua vida pessoal para que ela não reflita em seu desempenho como atleta:

“Não sei o que acontece na Europa, se o que ocorre lá não se revela. Mas aqui sempre quando chega, tem casa aqui, se reúne com amigos, enfim… ele precisa entender que tem uma capacidade física incrível, que pode se livrar de qualquer coisa, mas não será assim para sempre. Pode durar mais três ou quatro e depois ele pode notar que poderia ter vivenciado muito mais se não passasse por isso.”

A respeito do atacante do Arsenal, Sulantay frisou o fato de que o enxerga com visíveis problemas de peso:

“Eu vejo que está visivelmente fora do seu físico, está gordo. Desde a sua cara até o restante do seu corpo. Jamais deixou um defensor paraguaio para trás com um pique, não fez nenhuma diagonal, era outro Alexis.”