SHARE
ex-atleta-da-inter-milao-afirma-brasileiro-chegava-bebado-aos-treinamentos-Futebol-Latino-15-09
Foto: AFP

Algumas revelações a respeito dos bastidores de equipes por vezes muito vencedoras são feitas quando menos se espera. E foi isso que aparentemente aconteceu sobre a Inter de Milão nos tempos de José Mourinho em um programa de televisão da Romênia.

Leia mais: Jorge Wilstermann é a grande surpresa das competições sul-americanas
Corinthians recebe o Vasco para tentar voltar a vencer no Brasileirão

Dentro da emissora Digi Sport, quem comentou a respeito desse período foi o hoje atacante do Dinamo Bucareste, Ianis Zicu, e que esteve entre 2003 a 2007 no plantel do time de Milão. E o que disse Zicu sobre um problema que supostamente existia na época é surpreendente.

Segundo ele, o lateral-direito brasileiro Maicon, um dos atletas latinos mais bem-sucedidos em toda a história da Internazionale, tinha um costume do qual certamente nenhum atleta deveria se orgulhar:

“Na Inter de Mourinho havia um jogador que chegava bêbado nos treinamentos de segunda-feira: Maicon.”

Ianis, atualmente com 33 anos de idade, disse que a incerteza sobre que providência tomar era tamanha que houve uma reunião com todos os jogadores do plantel para encontrar uma atitude perante ao problema do hoje lateral-direito do Avaí:

“Em uma ocasião, Mourinho chamou os jogadores para perguntar-lhes como solucionar isso. Decidiu passar a sessão de treinamentos para a noite. Não treinávamos de manhã, mas sim a noite, e assim o Maicon pôde voltar a treinar. Essas situações podem acontecer e, nesses casos, o clube deve tomar uma decisão.”