COMPARTILHE
Foto: Twitter Selección Mexicana

*Por Juliano Rangel – Colaborador do Futebol Latino

O cenário para a classificação estava montado na noite desta terça-feira, no Estádio Nacional da Costa Rica, em San José. A torcida já esperava uma vitória e a classificação para Copa, mas o que se viu foi um empate entre Costa e Rica e México, conquistado nos minutos finais.

Leia Mais: EUA pressiona e arranca empate contra Honduras na reta final do jogo
Argentina empata com a Venezuela e leva definição para as rodadas finais

O jogo

Com o objetivo definido: ganhar e se classificar para a Copa do Mundo, a Costa Rica foi em busca do resultado logo aos 19 segundos no chute de Bryan Ruiz defendido pelo goleiro Ochoa. A pressão de La Sele durou até os seis minutos, quando Lozano deu o primeiro chute na direção da meta de Keylor Navas.

Garantindo o domínio das ações e chegando por meio das trocas de passes, a seleção mexicana só levava sustos nos chutes de fora da área do meio-campo Borges. Aos 29 minutos, novamente Navas salvou a seleção costarriquenha na cabeça de Jimenez e, um minuto depois, no chute de Jonathan dos Santos.

A primeira já se encaminhava para os minutos finais, quando a seleção mexicana comemorou seu gol. Aos 41 minutos, após uma jogada pelo lado direito, Jimenez cruzou para Giovani dos Santos, que de cabeça mandou na direção do gol. Navas até conseguiu defender, mas a bola bateu em Gamboa e foi parar o fundo da rede.

Segundo Tempo

Seguindo o mesmo script dos minutos iniciais da primeira etapa, a Costa Rica, que necessitava de uma virada, foi para o ataque e tentava chegar até a meta do goleiro Ochoa. A insistência deu espaço para os contra-ataques mexicanos, puxados pelos Lozano e Corona, que foi lançado no jogo por Osorio.

Como no primeiro tempo, Navas foi muito exigido e a Costa Rica continuava com dificuldades para chegar ao ataque. Mas aos 37 minutos veio o golpe de sorte, ou melhor, o chute de sorte.

Após uma jogada na área, a bola sobrou para Ureña, que de fora da área realizou um giro de corpo e acertou um chute, de primeira, direto no gol de Ochoa. Nos acréscimos, o gol da classificação ficou preso na garganta, no chute de Venegas que parou no travessão.

Com o resultado, a Costa Rica precisará de um empate contra Honduras, no dia 5 de outubro, para se garantir na Copa. Já o México, receberá a seleção de Trinidad e Tobago, no mesmo dia.

Panamá com chances

A seleção do Panamá derrotou a equipe de Trinidad e Tobago pelo placar de 3 a 0. Marcaram para o time panamenho Gabriel Torres, Carlyle Mitchell (contra) e Abdiel Arroyo. A seleção, que chegou a terceira colocação com 10 pontos, enfrentará no dia 05 de outubro os Estados Unidos, fora de casa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here